Início A Rádio Notícias Conectado Descontração Contato
Gildenor Araújo
No Ar
Gildenor Araújo
Amanhecer No Campo
05:00 às 07:00
Ouça Ao Vivo Peça Sua Música
Notícia Voltar
Após o teste da zika, a ideia é travar o Aedes Após o teste da zika, a ideia é travar o Aedes

Publicado em: 12/09/2016 às 07:13h, visualizado 546 vezes.

(A Tarde)
Aumentar fonte Diminuir fonte

Após a Bahia apresentar ao mundo, via Bahiafarma, o teste que em 20 minutos diz se a pessoa está com zika ou não, deletando a prática convencional, que exigia demorados e caros exames de laboratórios, a aposta agora das autoridades baianas é o desenvolvimento de uma armadilha que trave a reprodução da "mosquita" do Aedes aegypti.
A experiência está sendo desenvolvida no Senai-Cimatec às expensas da Secretaria da Saúde do Estado e já custou mais de R$ 1 milhão. Segundo o secretário Fábio Vilas Boas o ganho, em resultado e economia, é incomensurável.
"Cada armadilha custará R$ 5, temos protótipo em teste. Ela segura os ovos do mosquito e experiências mostram que uma em um quarteirão reduz a incidência em mais de 80%. Tanto o soro como a armadilha são baianíssimos", ressalta Vilas Boas. Experiências são pilotadas pelo dr. Raimundo Badaró, subsecretário e uma das maiores autoridades em infectologia do país.
Pegando o mosquito, de uma só penada se tira de cena zika, chikungunya e dengue.


Publicidade
© Copyright 2010 - 2018. :::: Rádio Serrote FM 105,9 - Serrolândia - BA :::: Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: SAOL - Sistema de Administração Online